"Bem... mas pra que isso serve?"

-
1968 - Um engenheiro da divisão de sistemas avançados da IBM
Durante uma palestra interna da Empresa sobre o microchip

Busca no Planeta Maebee:

Usuário:
Senha:

IP do cliente:
54.162.166.214
 



POSTs mais antigos:

Junho de 2016
Julho de 2015
Junho de 2015
Maio de 2015
Abril de 2015
Março de 2015
Fevereiro de 2015
Janeiro de 2015
Dezembro de 2014
Novembro de 2014
Outubro de 2014
Setembro de 2014
Agosto de 2014
Julho de 2014
Junho de 2014
Maio de 2014
Abril de 2014
Março de 2014
Fevereiro de 2014
Janeiro de 2014
Dezembro de 2013
Novembro de 2013
Outubro de 2013
Setembro de 2013
Agosto de 2013
Julho de 2013
Junho de 2013
Maio de 2013
Abril de 2013
Março de 2013
Fevereiro de 2013
Janeiro de 2013
Dezembro de 2012
Novembro de 2012
Outubro de 2012
Setembro de 2012
Agosto de 2012
Julho de 2012
Junho de 2012
Maio de 2012
Março de 2012
Janeiro de 2012
Dezembro de 2011
Novembro de 2011
Outubro de 2011
Setembro de 2011
Agosto de 2011
Junho de 2011
Maio de 2011
Fevereiro de 2011
Agosto de 2009
Julho de 2009
Junho de 2009
Maio de 2009
Abril de 2009
Fevereiro de 2009
Janeiro de 2009
Setembro de 2008
Julho de 2007
Junho de 2007
Maio de 2007
Abril de 2007
Março de 2007
Fevereiro de 2007
Janeiro de 2007
Dezembro de 2006
Novembro de 2006
Outubro de 2006
Setembro de 2006
Agosto de 2006
Julho de 2006



15 de Fevereiro de 2011

Acho engraçado quando se perde uma boa chance de ficar calado.
Nestes últimos dias a aposentadoria do FENÔMENO (assim mesmo, em maísculas) tem rendido uma boa dose de comentários, infelizes na maioria, e até engraçados numa pequena parcela.
Sem levar o mérito da falta de capacidade do Ronaldo entrar em forma, seja por causa do hipertireoidismo (já tentou escrever isso?) ou pelo simples fato de que esteja de saco cheio da rotina de atividades físicas, fica aqui uma lição: cada um deve cuidar do seu.
O recado aqui é para os corinthianos vândalos (assim mesmo, em minúsculas) que sempre atormentam os ídolos quando o time não vai bem.
Esses mesmos "galinhas" (acho o temo apropriadíssimo aqui), talvez os mesmos que cercaram Roberto Carlos no Anália Franco depois da vergonhosa derrota para o Tolima, forçando a saída rápida do lateral para o outro lado do mundo, seriam até perdoados se tivessem sempre o mesmo comportamento. Citando Marcos, goleiro do Palmeiras: "Por que nunca vemos atitude semelhante quando está em questão a corrupção no Brasil"?
Então, para se manter a coerência, esses débeis mentais deviam quebrar a própria casa cada vez que são um fracasso no trabalho (se é que conseguem manter um emprego) ou em qualquer coisa na vida, como acontece com todo mundo: não somos sempre vencedores!
Pois bem: o Ronaldo está mesmo fora de forma e, como futebol é coisa de momento, não importa se ele foi um dos maiores de todos os tempos: sua aposentadoria chegou tarde. Mas postura e caráter, não tem data de validade.
Eu mesmo nunca vi o Ronaldo sair na rua apedrejando meu carro e pedindo minha cabeça, só porque eu perdi uma boa venda na semana e meu chefe ficou despontado.

Exibir outros POSTs com o tema de: educação moral e civismo





14 de Fevereiro de 2011

Vida de americano: iPhone, iPod, iPad, iMac
Vida de Brasileiro: iPtu, iPva, iPI, iCms...

Exibir outros POSTs com o tema de: ficção ou fantasia


 




 
Marcelo Martins de Albuquerque - ©1997-2014 Todos os direitos Reservados